Big Bang e Criacionismo

Apesar de o Pe. Lemaître, astrofísico jesuíta e autor da teoria do Big Bang, ter sido acusado pelo astrônomo Fred Hoyle de concordismo, isto é, forçar a ciência a concordar com a crença católica, o Papa Pio XII declarou:

Parece verdadeiramente que a ciência atual, remontando a milhões de séculos, conseguiu tornar-se testemunha desse primordial Fiat lux pelo qual do nada surgiu, com a matéria, um mar de luz e de radiações, enquanto as partículas dos elementos químicos se dividiram e milhões de galáxias se reuniram.

Como os 6 dias da criação não são um relato histórico e podem ser considerados um lapso qualquer de tempo, conforme documento do Papa São Pio X, percebe-se que, para a teoria citada, em nada ciência e fé se contradizem.

Referências:

https://pt.aleteia.org/2012/08/30/a-teoria-do-big-bang-contradiz-a-biblia/

https://super.abril.com.br/blog/contaoutra/um-padre-foi-o-primeiro-a-propor-o-big-bang-e-o-vaticano-aprovou/


 

Se quiser saber mais, siga meu Instagram feeciencia, onde estou aprofundando melhor a questão em lives.

Anúncios

2 comentários sobre “Big Bang e Criacionismo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s