Ressuscitando um Dell que Morreu de Windows 10

Eu estava muito feliz com a Microsoft por ela ter atualizado para o Windows 10 sem minha permissão. Fiquei ainda mais quando meu computador veio a falecer na semana passada, me obrigando a começar a declaração de imposto de renda de novo.

Antes que você me xingue por eu usar o Janelas, deixa eu me explicar: preciso dele porque eu dava aulas de ferramentas da Microsoft e porque gosto de jogos. Até a última vez que tentei, talvez há um ano, o Steam ainda não funcionava bem no Linux e, mesmo que o cliente da Valve funcione, não acredito que os jogos estejam recebendo adaptações para o sistema do pinguim.

Bom, continuando. Depois da atualização, vários drivers pararam de funcionar. Eu não conseguia alternar o som entre as caixas de som e fones de ouvido, além de receber, pelo menos, duas mensagens de erro toda vez que o sistema iniciava. O problema do som melhorou com as atualizações que foram saindo com o tempo, mas eu ainda tinha que direcionar o som para onde eu queria manualmente.

Tudo foi ficando mais lento, mais lento, começou a travar com frequência, até que não abria mais o Windows.

A Dell até fez a parte dela: o HD vem de fábrica com partições de recuperação para que você consiga consertar o sistema no caso dessa eventualidade. Porém, ele só funciona com a versão do sistema que veio instalada. No meu caso, o Windows 8. Valeu de novo, Microsoft! Aliás, essas partições são um dos motivos de eu não ter feito um dual boot para ter tanto Linux quanto Windows.

Bom, sabendo que a recuperação não funcionou no meu caso, o que eu fiz? Primeiro, instalei a ferramenta da Microsoft que baixa o Windows 8 e cria um pendrive de inicialização. Você pode encontrá-la no link a seguir:

https://www.microsoft.com/pt-br/software-download/windows8

A ferramenta indica que você precisará de um pendrive de 4 GB. Peguei um da Kingston de 4 GB e tentei usá-lo, mas a ferramenta reclamou que ele não tinha 4 GB. E ela estava certa: o pendrive tinha 3,72 GB. Tentei outros, mas só funcionou com um de 8 GB, que na verdade tinha sete vírgula alguma coisa gigabytes. Conclusão: se a ferramenta pede um disco de 4 GB, use um de 8 GB.

Quando a ferramenta da Microsoft aceitou o pendrive, ela baixou o Windows 8 e tornou o dispositivo inicializável. Enquanto o processo era executado, comecei a procurar pelo número serial do meu Windows. Sabe, aquele código no formato AB123-456CD-123AB-CD456-ABCDE. Apesar de eu ter tudo o que veio com o laptop guardado, não o encontrei. Então, depois de uma pesquisa rápida, descobri que esses números não são mais enviados. Agora eles são programados diretamente na placa mãe e o sistema se ativa automaticamente após se conectar à Internet. Ufa.

Pluguei o pendrive no meu laptop e a instalação do sistema se abriu. Na hora em que as partições me foram apresentadas, tomei o cuidado de encontrar a correta, para não perder nenhuma das de recuperação e nem os dados que tinha salvos em uma outra. No meu caso, era uma com rótulo OS. Tentei selecioná-la para a instalação, mas o programa não deixava. Muito bom…

Depois de acessar a BIOS várias vezes (F2 na hora do boot para computadores Dell),  ligando e desligando o boot UEFI, mesmo reformatando a partição desejada, não deu certo. Finalmente, descobri no menu da BIOS que há um submenu do boot UEFI, onde aparecem o HD e o pendrive. Apenas após selecionar o pendrive ali, consegui escolher a partição que eu queria na instalação.

Por fim, reinstalei o Windows 8 e, agora, estou usando os DVDs que a Dell enviou para reinstalar os drivers. Por enquanto, não consegui colocar o leitor biométrico para funcionar, mas todo o resto já está funcionando normalmente. Além disso, verifiquei que, realmente, o sistema tinha se ativado sozinho com a chave da placa mãe. Gostei de não ter mais que me preocupar com aqueles códigos gigantes.

Caso queira mais detalhes sobre algum dos passos que comentei, fique à vontade para deixar sua pergunta nos comentários.

Até a próxima!

Anúncios

16 comentários sobre “Ressuscitando um Dell que Morreu de Windows 10

  1. Temos um Dell e achamos ótimo, a única coisa que deixa a desejar é o Windows 10 mesmo. Não sei como o mundo inteiro ainda tem janelas abertas a essa empresa, com tantos outros sistemas operacionais que poderiam ser melhores, Questão de capilaridade mesmo.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Olá, Tiago!
      O seu já veio com Windows 10 ou atualizou depois?
      Pelo menos se já tiver vindo com o mais novo, o sistema de recuperação da Dell deve funcionar se for necessário.
      E, realmente: há tantas distribuições de Linux diferentes e gratuitas que dá pra agradar a todos.
      Infelizmente, algumas coisas estão manipuladas pela Microsoft.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s