burnout

Contos do Cardoso

…e por conta disso sofro de uma ansiedade terrível, que não me deixa dormir direito e faz os dias passarem rápidos demais, as horas parecem minutos, estou sempre apressado, atrasado, entro no trabalho e já é hora do almoço, saio para almoçar, já é hora de voltar, se assisto um filme, já é hora de dormir e quando durmo, já é hora de acordar, me sinto sufocado, sem tempo para nada, nem para respirar, tudo são vírgulas, orações emparelhadas, sem uma pausa, um ponto para descansar um pouco, nem parágrafos para mudar de assunto, dar um senso de transição às coisas, fui ao médico fazer uns exames, meu colesterol estava alto, minha pressão também, é stress, ele disse, se não tomar cuidado vai ter um ataque de nervos, ou coisa pior, me recomendou tirar férias, espairecer, descansar e melhorar minha alimentação, e foi o que eu fiz, cortei as carnes…

Ver o post original 219 mais palavras

6 comentários sobre “burnout

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s