Siga os princípios de Grice e torne a conversa nas redes sociais mais saudável e colaborativa

Em tempos de estresse e falta de educação nas redes sociais, um artigo desses vem bem a calhar. Espero que gostem! 🙂

Mílton Jung

22522665357_0637ce6609_o

Há um incômodo evidente com o que se lê nas redes sociais e demais espaços digitais, públicos e disponíveis para a expressão de ideias, pois a profusão desses ambientes deu dimensão demasiada àquelas conversas que se limitavam ao círculo de amigos e ao almoço de domingo com seus parentes — incluindo o tio com soluções para o mundo, o primo capaz de dizer uma asneira a cada afirmativa e o cunhado estraga-prazer que traz nos comentários suas frustrações.

A facilidade com que se propaga uma opinião e o “esconderijo” que o cenário virtual se transformou, nem tanto pela dificuldade para se encontrar o autor do ataque, muito mais pela covardia em dizer diante do outro o que se pensa, empoderou essa gente esquisita.

Sou otimista ao acreditar que estamos apenas vivendo uma evolução natural do ser digital e dentro de alguns anos, talvez décadas, saibamos nos comportar melhor — e isso inclui pensar com

Ver o post original 335 mais palavras

Anúncios

9 comentários sobre “Siga os princípios de Grice e torne a conversa nas redes sociais mais saudável e colaborativa

  1. Off: Prezado colega. Opinei na Amazon só hoje sobre a Antologia pois só consegui concluir a leitura hoje. Está em avaliação. Também estou terminando uma resenha que provavelmente publicarei amanhã de manhã. Espero que não se incomode. Usei a capa e uma ou duas frases da obra e linkagens. Forte abraço e tenha uma semana natalina iluminada e criativa.

    Curtido por 2 pessoas

  2. Esse tema é um dos quais eu tenho vontade de deixar para todos que me atacam na internet.
    As vezes não somos os errados e sim as pessoas quem leem, porque elas leem da forma que elas querem sem se preocupar até mesmo com a vírgula que irá discernir o que ela pensa do que realmente está acontecendo ali.
    Por que não um double check para saber se é isso mesmo que você acabou de ler?
    Muito complicado.
    Concordo também que precisamos ser claros com o que falamos, porque ninguém tem obrigação de adivinhar o que você está tentando expressar.
    Gostei!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s