Quarta-Feira Criativa --- 21/10/15

Quarta-Feira Criativa — 21/10/2015

Quem ainda não teve oportunidade de conhecer as regras, por favor, acesse

https://lucaspalhao.wordpress.com/2015/08/26/projeto-quarta-feira-criativa/

Então, se você for participar, veja a foto a seguir, mas não leia o meu conto, que estará na sequência, até que tenha publicado o seu nos comentários.

Se você tem muita vontade de participar mas fica um pouco envergonhado de compartilhar seus textos, talvez ajude ler sobre a Síndrome do Impostor

https://lucaspalhao.wordpress.com/2015/10/09/voce-sofre-de-sindrome-do-impostor/

Quarta-Feira Criativa --- 21/10/15
Quarta-Feira Criativa — 21/10/15

Não me lembro de contar nem o vigésimo carneirinho e eu já estava com aquela sensação de estar em queda livre novamente. Puxei a corda e abri meu paraquedas no meio da escuridão. Pousei e as paredes, teto e chão foram se montando ao meu redor. Repentinamente, me via de volta àquela cela de acrílico, bem iluminada em azul, com o campo de força vermelho que impedia que eu chegasse ao corredor escuro. Eu conseguia ver diretamente o ocupante da cela à frente — um ser de pele verde, desprovido de pelos, com cabeça oval e olhos grandes e amarelos. Frequentemente, ele tocava o campo de força que o queimava. Mas ele parecia não se importar com a dor. Talvez já estivesse ali há muito tempo. De repente, ouvi algo batendo pelos tubos de ventilação. O barulho foi aumentando, até que algo soou bem próximo. Sentindo o fluxo de ar com a mão, percebi que uma parte havia sido bloqueada. Dei algumas pancadas nas gretas de ventilação e, então, um tipo de cartão passou por elas. Era um cartão de identificação de um dos guardas, com foto e nome — Wade. Como teria ido parar lá? Bom, sorte minha. Sentei-me encolhido no chão da cela, pernas dobradas tocando o peito, olhando para o cartão. Ouvi alguém se aproximando pelo corredor e, vejam só, era o guarda da foto! Mostrei o cartão para ele, através do campo semitransparente. Saiu correndo. De repente, a luz do corredor ficou vermelha e, segundos depois, o campo de força do meu vizinho de frente foi desligado. Teria o guarda se enganado com os mecanismos? Ele voltou e olhou, aparentemente confuso, para o campo de força da minha cela. Foi então que, das suas costas, veio um empurrão que o fritou na grade de energia semitransparente. Nem sinal do meu ex-vizinho depois que o guarda se estatelou no chão. Alguns instantes depois, eu estava livre. Cheguei ao corredor e vi seres de toda forma e tamanho correndo e se empurrando em direção à saída. Desconfiado, fui atrás deles.

Anúncios

18 comentários sobre “Quarta-Feira Criativa — 21/10/2015

  1. MUDANÇA DE SONHO

    Juca cresceu pensando em seguir uma carreira militar, porém nos tempos de hoje percebeu que mesmo querendo ser militar sempre tem os chamados desvios de conduta, grupos que se disfarçam da farda e da autoridade a eles permitidas para cometerem mais atrocidades que os próprios marginais de carteirinha. Treinado pela PQD uma força especial do Exército brasileiro e especializado em saltos de paraquedismo foi logo assediado por colegas de farda de má índole. Juca além de paraquedismo era armeiro em seu quartel, especializado com armas de diversos calibres e inclusive explosivos. A intenção do grupo era roubar o próprio banco dentro da base militar. Já tinham todo esquema e planta do banco para agirem e a pressão em cima de Juca era enorme. Juca nervoso e com certo receio, pensou em procurar um amigo de infância que era seu parceiro em pescaria e decidido abriu seu coração e relatou tudo ao amigo. O tempo era curto para não dar nada errado. Seu amigo de infância sabendo das habilidades do amigo Juca disse a ele:
    – Juca só há uma saída para você. Se denunciar sabe que vai morrer, então a única forma que vejo é aproveitar a apresentação da semana que vem no salto em altura, e com a habilidade que tens finja um acidente com o paraquedas.
    Juca pensou e arriscou-se nesse intento forjando um acidente com o paraquedas na hora do pulo. Juca abandonou seu sonho de criança de ser um militar mas aprendeu outro que também passou a amar. Foi viver no Havai onde hoje dono de uma pousada e uma pequena criação de ovelhas ainda dá aulas de salto na ilha para os turistas.

    Titulo: Mudança de sonho – publicação autorizada – Blog Unobtainium – autor: Cláudio El-Jabel

    Curtido por 2 pessoas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s