Daniel Goleman

Inteligência Emocional

Como discutimos na Psicologia da Empregabilidade, a inteligência emocional é um dos componentes do modelo CareerEDGE de empregabilidade. Neste artigo, vamos estender a discussão sobre esse ponto.

De acordo com o Dr. Daniel Goleman, autor de Inteligência Emocional, a inteligência homônima do livro possui cinco componentes:

  1. Autoconsciência: habilidade de reconhecer mudanças de humor e motivações;
  2. Autorregulação: capacidade de controlar impulsos e reações, suspendendo o julgamento até que se tenha uma visão clara da situação;
  3. Motivação interna: é a razão pela qual se busca um objetivo além de motivações externas como dinheiro e poder;
  4. Empatia: habilidade de reconhecer os sentimentos dos outros, mesmo que tentem escondê-los;
  5. Perícias sociais: proficiência em gerenciar relacionamentos, levando em conta tanto os próprios sentimentos quanto os alheios

Apenas a inteligência convencional não é mais uma garantia para entrada e manutenção de um bom emprego. Com a emocional, é possível tomar atitudes que garantem um bom relacionamento no ambiente de trabalho, bem como impulsionar o desenvolvimento da carreira.

Referência

SWIJTINK, Zeno. Daniel Goleman’s Five Components of Emotional Intelligence. Disponível em: http://www.sonoma.edu/users/s/swijtink/teaching/philosophy_101/paper1/goleman.htm. Acesso em 21 de setembro de 2015.

Anúncios

3 comentários sobre “Inteligência Emocional

  1. Lucas,
    Eu adquiri o livro Inteligência Emocional do autor Daniel Goleman, é interessante esse universo das emoções que tomam conta de nós e faz com que ajamos “sem pensar”.
    O livro fala também sobre os pensamentos repetitivos…
    O mais interessante é saber que podemos aprender a lidar melhor com as nossas emoções e com os pensamentos.

    Abraço!

    Curtido por 1 pessoa

  2. Eu li o livro há mais de 15 anos e achei muito interessante.
    Ele me ajudou, principalmente, a ter consciência e evitar os “sequestros emocionais”.
    Não sei se fui muito eficiente porque acabei deixando os sentimentos um pouco de lado, o que pode causar graves problemas psicológicos.
    Atualmente, tenho trabalhado formas de me conectar melhor com meu “eu” e com os outros. Já não lembro bem, mas acho que esse assunto não é abordado no livro pelo Dr. Daniel.
    Seguimos estudando! 🙂

    Abraço!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s