Sala de Aula

Manifesto de um Professor (Quase) Desiludido – Parte 1

Por mais que seja evidente que não há médicos, engenheiros, advogados, biólogos ou quaisquer outros profissionais sem que hajam, antes, professores, o valor dos pupilos que optam pelas carreiras citadas inicialmente sempre foi maior que o de seus mestres. E, no Brasil, não parece que isso vá mudar. Todo professor deveria ser valorizado como merece.

Ainda que um professor não seja motivado pelo reconhecimento, ele dá tudo de si por seus alunos. O esforço para a preparação das aulas, na maioria das vezes, leva mais tempo que o concedido pelas instituições de ensino. Situação que se agrava quando não é concedido tempo algum. Além disso, controlar uma turma que não sabe se comportar é estressante e desgastante. Assim, sabendo que o professor trabalha além de sua designação, todo aluno deveria respeitar seu professor.

Nenhum professor do ensino médio ou fundamental entra nesta carreira pelo dinheiro. Não há, no Brasil, remuneração adequada para essa profissão, que é a mais importante. Além disso, investimentos em atualização e treinamento desses profissionais são, praticamente, inexistentes. Nem sempre, alguém que domina a disciplina que leciona tem uma formação pedagógica adequada e vice-versa. Trata-se da educação bloqueando a própria educação. Para melhorar esse cenário, todo professor deveria receber um salário condizente com a profissão mais importante, além de treinamento de qualidade.

Apesar de serem heróis, os professores ainda são seres humanos. É necessário considerar suas necessidades de alimentação e descanso ao criar um horário de aulas. Além disso, deve-se manter um número tratável de alunos em uma mesma sala de aula. Professores cansados não ensinam bem os alunos dedicados, quanto menos, alunos distraídos uns com os outros. Todo professor deveria ter condições para exercer bem sua profissão.

Material e ambiente de boa qualidade são essenciais para o ensino e aprendizagem. Uma escola bem cuidada não só atrairá mais alunos como, também, ajudará a manter serenos aqueles que nela se encontrem. No passado, experiências comprovaram que desordem gera desordem. Então, os estudos dos resultados culminaram na teoria das janelas quebradas. Os benefícios de um local pelo qual se zela serão comprovados nas avaliações docentes e discentes. Assim, toda escola deveria ser um ambiente propício para o estudo.

(continua)

Anúncios

22 comentários sobre “Manifesto de um Professor (Quase) Desiludido – Parte 1

  1. Palhão, excelente!!! É isso e muito mais! Não sou um profissional da area, mas é claro que se tem muito o que fazer nesta área, além da propria valorização dos profissionais envolvidos na educação! Não sei se você é de São Paulo, mas se for, muito provavelmente já viu o Ipostrômetro, aquele expositor, onde se aponta o quanto foi recolhido de imposto no ano. São Trilhões???!!!! Cara, com poucos bilhões (2 ou 3) refizeram países destruídos pela guerra, digo reconstruídos do chão, mesmo e literalmente!!! O que se pode fazer com TRILHÕES??!!! Não é possível que isto continue

    Curtido por 1 pessoa

    1. Pois é…
      Nossa máquina, atualmente, tem operadores demais e engrenagens de menos.
      Educação e ciência poderiam lançar o Brasil como um foguete para uma bela posição entre os melhores do mundo.
      Mas, talvez, o país seja tímido e tenha medo de se destacar.

      Obrigado pela visita!

      Curtido por 1 pessoa

  2. Excelente artigo! Mas , infelizmente , nesse país professores e sistema educacional decente não respeitados e muito menos valorizados pelo atual desgoverno que não quer um povo instruído a fim de que não reivindique seus direitos .

    Curtido por 1 pessoa

  3. Excelente texto. Um dia eu estava dando aula e um aluno entrou com uma arma na escola. Sorte que a Policia do Amapá quando faz ronda entra na área da escola, com TODO o apoio dos professores, e viu quando o aluno pulou o muro com a arma.Decidi nesse dia que por mais que amasse a profissão, não morreria por causa de uma nota baixa e antes dos meus 25 anos. Hoje curso enfermagem, pra tentar mudar de profissão.
    Eu lamento todos os dias pela situação que alguns professores passam na sala de aula.Todos os dias.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s