Gerenciamento do tempo

Como gerenciar o seu tempo (parte 2)

Além de saber priorizar, como discutido na parte 1, é bom entender suas fraquezas e criar um plano para reduzir seu tempo desperdiçado.

Uma fraqueza comum atualmente é a dificuldade para acordar. Quantas vezes você aperta o “soneca” antes de se levantar? Vamos assumir uma média de duas vezes, o que resulta em dez minutos. Tudo bem, economizar dez minutos não vai salvar sua vida, mas junto com outras possíveis fraquezas, que podem estar relacionadas em seguida, é possível arranjar mais de uma hora por dia. Mas, então, como levantar assim que o despertador toca? Algumas táticas que podem ajudar são colocar o despertador longe da cama, para obrigá-lo a levantar para desligá-lo; treinar algumas vezes programando o despertador para tocar em um minuto, deitar-se e levantar assim que tocar; dormir mais cedo (calma, discutimos essa depois); pagar uma multa para cada vez que você pressionar o “soneca”; trocar de travesseiro, o que pode atrapalhar o seu sono nas primeiras noites, mas é justamente esse período que você deve aproveitar para “reprogramar” sua capacidade de se levantar; comer menos antes de dormir; não usar nada com telas brilhantes (celular, computador, TV) antes de dormir; fazer algum tipo de relaxamento; ler algo que você goste, e; prestar atenção e controlar sua respiração ao se deitar. Claro que existem muitas outras, mas aqui já temos o suficiente para você passar quase um mês tentando descobrir o que funciona melhor para você.

Agora, vamos falar das atividades diárias. Não conseguimos escapar de ter que preparar a roupa, preparar comida, comer, limpar a casa, fazer compras, ir ao banco (apesar das facilidades da Internet, de vez em quando temos que ir até lá), tirar o lixo, arrumar a cama, escovar os dentes, tomar banho, deslocar-se para o trabalho, entre outras atividades de relaxamento e diversão. Claro, dependendo dos seus recursos, você não tem que fazer tudo o que eu citei mas creio que a maior parte seja comum. Bem, à medida que repetimos as tarefas, elas vão se tornando automáticas. Paramos de prestar atenção ao que estamos fazendo e, muitas vezes, pensamos em outra coisa. É aí que há o risco de deixarmos de ser eficientes. Como não estamos prestando muita atenção, podemos perder algum tempo parados, ou até fazendo algo errado, que só percebemos depois que vemos o resultado inesperado, e temos que fazer de novo. Então, é importante despender algum esforço para conscientizar a tarefa e, prestando atenção, possivelmente encontrar pontos de ineficiência. Por exemplo, quantas vezes você escova os dentes do lado esquerdo a mais que os do lado direito? Não sabe? Eu também, não. Mas já me peguei muitas vezes esfregando excessivamente um lado só enquanto pensava em outra coisa. Quantos minutos você leva no banho? Não sabe? Cronometre! Na primeira vez em que fizer isso, tenho certeza de que você vai ficar atento durante todo o banho. Você sabe de quanto em quanto tempo precisa voltar ao supermercado? E, quando volta, sabe onde encontrar os produtos que precisa? Anote! Assim você vai saber com que frequência vai e se está perdendo muito tempo.

Bem, esse post já está maior do que eu gostaria, então é melhor deixar um pouco para um próximo. Mas quero deixar claro que não quero tornar a sua vida estressante, cheia de tempos a serem cumpridos. Não é nada disso. Quero apenas que você pense. Fazer tudo no automático gera ineficiência. Analise, repense e veja se é possível economizar tempo, um dos seus bens mais valiosos. Vejo vocês na parte 3.

Anúncios

2 comentários sobre “Como gerenciar o seu tempo (parte 2)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s